100 anos de prisão

Em Rondônia, o professor Antonio Lima Fidelis, de 65 anos, foi condenado a 100 anos de prisão por ter abusado sexualmente de 5 alunas com idades de 8 a 12 anos, em uma escola de Cabixi. Os crimes ocorreram no início deste ano, e ainda cabe recurso. Porém, o professor será mantido preso enquanto aguarda o recurso. Ele também perdeu o cargo público.